Alimentos ricos em proteínas: cuide da sua saúde com estas opções!

Os alimentos ricos em proteínas são uma opção interessante e diferenciada para você, que deseja perder peso, ter uma dieta mais voltada para outras formas de obtenção de energia e ainda para quem está em processo de construção de musculatura.

Isso acontece porque as proteínas, ao contrário dos carboidratos, demora mais para ser assimilada pelo corpo, além de também oferecer uma descarga de energia mais prolongada e com possibilidade de programação maior.

Leia também: Maracujá emagrece?

ALIMENTOS RICOS EM PROTEÍNAS

Vamos falar mais sobre os alimentos ricos em proteínas, esclarecer e desmentir alguns dos mitos mais comuns sobre este nutriente e os alimentos que os possuem em uma quantidade maior do que os outros.

Alimentos ricos em proteínas: veja aqui!

Conhecer os alimentos ricos em proteínas é uma forma de evitar o consumo de  carboidratos excessivos, que tem como grande questão sua alta velocidade de transformação em energia, que se não for utilizada é guardada como gordura, e o resultado deste processo nós já sabemos: aumento de peso.

Esta situação, que originalmente era um traço que nos ajudava a sobreviver quando havia pouca chance de conseguir o que comer, hoje em dia é uma das diversas razões pelo surto de obesidade que anda afetando o planeta em geral, com destaque para a obesidade infantil.

Por isso é tão importante aprender a equilibrar a sua dieta, de forma que o consumo de energia esteja em equilíbrio com a quantidade de calorias que você ingere.

Atletas e pessoas que fazem grande quantidade de exercícios de força e resistência, como bodybuilders, podem usar uma quantidade maior de alimentos ricos em proteínas para ter grande quantidade de energia disponível durante os treinos e evitar o chamado catabolismo, que é a queima de massa muscular para abastecer as funções básicas do corpo, quando o corpo já não possui gordura de reserva.

Leia também: Como eliminar gordura abdominal?

TODOS OS ALIMENTOS RICOS EM PROTEÍNAS SÃO DE ORIGEM ANIMAL?

Uma das maiores mentiras usadas contra as dietas vegetarianas é que todos os alimentos ricos em proteínas são de origem animal.

Isso é uma grande mentira, já que muitas leguminosas e sementes possuem uma quantidade considerável de proteína vegetal, que age de forma extremamente parecida coma proteína animal no corpo, com a vantagem de possuir menos gorduras associadas e ainda não ter as toxinas comuns no consumo de carne.

Será que todos os alimentos ricos em proteínas são de origem animal?

Desta forma, seja com restrição parcial ou total de alimentos de origem animal, você terá excelentes opções de alimentos ricos em proteínas.

Agora, quando comparados, é certeza de que os alimentos de origem animal possuem maior concentração de proteína do que os de origem vegetal.

Denegrir um estilo de restrição alimentar como o veganismo sob o argumento de manter os alimentos ricos em proteínas na dieta é mais do que simplesmente mentiroso.

É também o tipo de mentira que faz com que as pessoas caiam em uma grande rede de desinformação.

ALGUNS DOS ALIMENTOS RICOS EM PROTEÍNAS

Agora vamos dar alguns exemplos de alimentos ricos em proteínas, para que você saiba exatamente quais alimentos procurar, além de algumas das formas mais comuns destes alimentos serem preparados:

Veja aqui alguns dos alimentos ricos em proteínas

  • Frango: Sem dúvida alguma o frango é o campeão de quantidade de proteínas puras dentre os alimentos. O peito sem pele é a melhor forma de isolar proteína animal praticamente pura, pois esta é a área do frango que tem menos gordura no total. O frango mantém suas propriedades e a sua baixíssima taxa de gordura quando feito cozido, assado ou grelhado e ganha uma quantidade considerável de gordura quando frito.
  • Soja: a grande heroína dos vegetarianos quando falamos em alimentos ricos em proteínas (pelo menos o mais famoso), a soja é um excelente alimento para mulheres em geral, já que além de ser uma poderosa fonte de proteínas e ajudar consideravelmente na saciedade, já que estas proteínas oferecem uma dificuldade adicional para o estômago produzir energia com elas, ela ainda ajuda a manter seu ciclo menstrual e seus hormônios em equilíbrio.
  • Carne bovina: a Carne bovina tem uma quantidade considerável de proteínas, com o problema que o uso de carne bovina em dietas de controle de gordura e de perda de peso pode ser altamente comprometedor, já que as formas de cozinhar a carne bovina e os diversos cortes de carne com alta quantidade de gordura fazem deste um dos alimentos ricos em proteínas mais difíceis de serem usados.
  • Salmão: além de delicioso e saudável, o salmão tem uma das melhores relações proteína-gordura dentre os alimentos ricos em proteínas. Dessa forma, você precisará de poucas quantidades deste peixe para suprir a sua necessidade de proteínas diária.
  • Quinoa: a quinoa é uma leguminosa que ganhou destaque nos últimos tempos pela sua capacidade de ajudar as pessoas a emagrecerem, porque tem excelente quantidade de fibras e claro, é um dos alimentos ricos em proteínas.
  • Queijo: outra excelente forma de consumir proteínas em alta quantidade e com qualidade é com os mais diversos tipos de queijo existentes. Estes produtos tem uma excelente possibilidade de controle de gorduras pelo tipo de queijo em questão, sendo que os queijos frescos são geralmente os menos gordurosos. Além disso, pode-se enquadrar o tofu como um tipo de queijo, e ele também tem excelente aceitação como uma alternativa sem leite.

Leia também: Comer de 3 em 3 horas é mito?

DEVEMOS COMER SOMENTE ALIMENTOS RICOS EM PROTEÍNAS?

Uma das tendências mais interessantes e ao mesmo tempo perigosas que andam acontecendo dentre as pessoas que seguem dietas é a entrada em dietas que trocam totalmente o carboidrato por proteína.

Devemos comer somente alimentos ricos em proteínas?

Um dos problemas mais comuns que estas pessoas costumam enfrentar são as crises renais. Estas crises passam a ocorrer devido a maior quantidade de trabalho que este órgão, juntamente com o fígado, tem para purificar e retirar do seu corpo todas as toxinas relacionadas com a digestão excessiva de proteínas.

Outro ponto primordial que sempre precisa ser compreendido é a possibilidade do catabolismo, que pode ser uma possibilidade no caso de pessoas que já não possuem gordura no corpo e estão em processo de definição de músculos.

Equilibrar carboidratos e proteínas é sempre a melhor forma de ter uma dieta que fornece energia na quantidade certa e no tempo certo, não permitindo que o corpo sinta mais fome do que o necessário e ainda oferecendo os outros nutrientes, como vitaminas, minerais e outros.

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] mais, praticamente extingue os carboidratos do cardápio, depositando em seu lugar muitas proteínas e […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *